A MARSELHESA (La Marseillaise, 1938)

Um filme sobre o início da Revolução Francesa, mostrado pelos olhos dos cidadãos de Marselha, conta no exílio alemão e, claro, o rei Luís XVI, cada um mostrando seus próprios pequenos problemas.

 

A MARSELHESA (La Marseillaise, 1938)

R$27.00Preço
  • O filme de Jean Renoir sobre a Revolução Francesa tem a abrangência e o ritmo de um épico histórico, mas sua narração dos acontecimentos é animada pelo cuidado que Renoir tem ao apresentar as pessoas que deles participaram. Em meio a sua grande história e perspectivas em mudança, este filme encontra tempo para muitos momentos íntimos - de desgosto, de medo, de celebração e camaradagem - tornando-se um micro-retrato fascinante de um ponto da história que pode ser mais comumente entendido no nível macro , com um foco particularmente afetivo na classe (exibido já nos créditos de abertura, onde os personagens são organizados com base na classe social a que pertencem). O filme faz um excelente trabalho ao ilustrar como as pessoas comuns vivem e trabalham juntas. Também ilustra a humanidade de uma figura histórica como o rei Luís XVI, cujas complexidades podem se perder em um relato histórico mais seco e baseado em fatos. 

     

    Painéis laterais