ESCRAVAS DO AMOR (Dédée d'Anvers, 1948)

Dedee é uma prostituta que trabalha na boate de Monsieur Rene no porto de Antuérpia. O porteiro é Marco, seu cafetão. Dedee não fica feliz até conhecer Francesco, um marinheiro italiano. Eles se apaixonam e Dédée começa a sonhar com uma fuga de sua monotonia diária.

Diretor Yves Allégret 

Estrelas Bernard Blier, Simone Signoret, Marcello Pagliero

Drama

Idioma: Francês

Legendas: Português

Preto e branco

DVD

ESCRAVAS DO AMOR (Dédée d'Anvers, 1948)

R$27.00Preço
  • Drama maravilhosamente atmosférico e fatalista. Situado no porto de Antuérpia (Antuérpia), este filme cria uma forte sensação de lugar e, agora, de um tempo muito passado. Os personagens são desenhados de forma vívida e bem interpretados por um elenco talentoso. A jovem Simone Signoret é facilmente vista como uma grande estrela do futuro próximo. No apoio estão Bernard Blier e Marcel Dalio. O diretor Yves Allégret conduz as coisas lindamente, contando uma história de pessoas desanimadas e muitas vezes desesperadas que vivem em um lugar sem saída e enevoado. Uma cena parece estranha: um personagem é mostrado correndo escada abaixo, mas apenas as mãos no parapeito são vistas, e nas cenas seguintes vemos apenas as mãos e ouvimos a voz, mas nunca vemos diretamente o ator. Na próxima cena, o ator está novamente visível como antes. Talvez algum problema de produção os tenha forçado a filmar a sequência dessa maneira. Em todo caso, uma joia esquecida do cinema francês dos anos 1940.