MANIA DE HOLLYWOOD (Pick a Star, 1937)

A história da Cinderela de uma jovem camponesa que chega a Hollywood e atinge o estrelato no cinema com a ajuda de um publicitário.

Diretor: Edward Sedgwick 

Estrelas: Jack Haley, Rosina Lawrence, Patsy Kelly 

Gênero: Comédia/Musical

Idioma: Inglês

Legendas: Português

Preto e branco

DVD

MANIA DE HOLLYWOOD (Pick a Star, 1937)

R$27.00Preço
  • Colecionadores de filmes, tomem nota: MANIA DE HOLLYWOOD, de Hal Roach, não é um filme de Laurel e Hardy, embora a dupla popular faça várias aparições divertidas no meio do filme. Um remake de JECA DE HOLLYWOOD (Free and Easy, 1930) de Buster Keaton,  é a história de como o dono de um posto de gasolina de uma pequena cidade, Joe Jenkins (Jack Haley), tenta ajudar sua namorada Cecilia Moore (Rosina Lawrence) a realizar sua ambição de se tornar uma estrela de cinema. A pedido do empresário viajante Stone (Russell Hicks), Jenkins organiza um concurso de talentos, sendo o primeiro prêmio uma viagem a Hollywood e um teste de cinema. Stone É um vigarista e foge da cidade com o produto do concurso, Cecilia fica de coração partido, mas Joe promete ir pessoalmente a Hollywood e fazer as conexões certas para garantir sua ascensão ao estrelato. Infelizmente, o melhor que Joe pode conseguir em Tinseltown é um emprego de ajudante de garçom no Colonial Club, um fato que ele tenta esconder de Cecilia e de sua irmã sagaz Nellie (Patsy Kelly) quando inesperadamente elas chegam à Califórnia como convidadas do ídolo da matinê Rinaldo Lopez (Mischa Auer). Em desespero, Joe finge ser um animador de boate, mas quando o estratagema é revelado, Cecilia o abandona furiosamente, acompanhando Rinaldo primeiro ao seu estúdio de cinema e depois ao seu apartamento. Naturalmente, Rinaldo tem a sedução em mente, mas a inocente Cecília não percebe até que Joe entra no apartamento com sangue nos olhos. Envergonhado por seu comportamento lascivo, Rinaldo consegue que Cecilia faça um teste de cinema para o produtor Klawheimer (Charles Halton). No último momento, Cecilia sofre um ataque de "medo da câmera", mas Joe a orienta gentilmente em seu teste, e há um final feliz para todos os envolvidos - até mesmo para a irmã Nellie. Escalados como "estrelas de cinema", Laurel e Hardy aparecem brevemente nas cenas do estúdio de cinema para participar de uma seqüência de destruição recíproca com seu antigo inimigo das telas, Walter Long, e para realizar uma divertida rotina musical com gaitas "duelando".