PERVESIDADE SATÂNICA (Le Dos Au Mur, 1958) - Legendado em português

Embora feito em francês, PERVESIADE SATÂNICA se qualifica como um clássico noir por conta de aderir sinceramente às suas iconografias quintessenciais, seja o enredo carregado de desgraça, o tom sombrio e fatalista, a cinematografia P / B temperamental, os temas da luxúria, ciúme, traição e crime, ou o clímax sombriamente irônico. Jeanne Moreau, que foi uma das duas protagonistas em ASCENSSOR PARA O CADAFALSO, o fascinante pós-noir de Malle, lançado um ano antes deste filme, reprisou o papel de uma dona de casa entediada casada com um homem rico de meia-idade e envolvida em um caso extraconjugal com um rapaz. No entanto, ao contrário daquele filme em que o marido é eliminado na primeira cena clássica, é o amante em um estado muito morto que começa. Depois que o protagonista, que acaba por ser o marido, dispõe o cadáver na sequência de abertura cheia de tensão, o filme muda para um longo flashback. O foco aqui está, portanto, no marido que, ao ficar acidentalmente ciente da infidelidade de sua esposa, planeja se vingar dela. No entanto, o que começa como um simples esquema de chantagem apenas para assustá-la, fica cada vez mais turvo e, em pouco tempo, as coisas se transformam em uma espiral além do ponto sem volta - assim, mais uma vez, o mundo dos film noirs se mantém resolutamente pelo ditado de que não existe tal coisa como um crime perfeito. Gerard Oury é bom como o marido rejeitado e sério tentando se vingar, assim como Moreau quando sua incrivelmente linda esposa apanhada em uma situação estranha. 

PERVESIDADE SATÂNICA (Le Dos Au Mur, 1958) - Legendado em português

R$27.00Preço
    • Gênero: Crime
    • Ano de produção: 1958 (França)
    • Áudio: Francês
    • Legendas: Português
    • Preto e branco
    • Formato: DVD
    • Diretor: Édouard Molinaro
    • Elenco: Jeanne Moreau, Gérard Oury, Phillipe Nicaud